Dados de acesso incorretos.

SOBRE

HISTÓRIA

A Escola Adventista do Bairro Feital, situada na zona rural do município de Ibiúna, foi fundada em 07 de novembro de 1970 e registrada no Departamento de Ensino Elementar da Secretaria de Educação em 29 de abril de 1971.

A estrutura física do prédio era constituída por 4 salas de aula para atender as turmas do ensino de 1º grau de 1ª a 4ª série, uma sala para uso da diretoria e secretaria, uma cozinha e 2 banheiros.

A partir de 1999, a escola passou a funcionar em novo endereço e com nova denominação, sendo registrada como Escola Adventista de Ibiúna, situada na Rua Assunção, 100 - Centro.

A estrutura física do novo prédio passou a contar com 3 salas de aulas, setor administrativo, pátio coberto, dois sanitários, uma cozinha e área de 28m² com parque infantil.

Em 2012 a Escola passou a atender alunos do ensino Fundamental II onde foram necessárias ampliações e adequações na estrutura física conforme as demandas e necessidades.

Atualmente a Escola conta com 10 salas de aula equipadas com tecnologias que vão de computadores a projetores e câmeras de segurança, uma estrutura composta por Cantina, Pátio, Sala do Disciplinar e TI, Salas de Administração com Diretoria, Tesouraria, Secretaria, Coordenação e Apoio, além de Quadra Poliesportiva dois parques infantis onde um deles fica localizado em uma área verde e ampla chamada de Fazendinha.

LINHA DO TEMPO

Escola Adventista do Bairro Feital

A Escola Adventista era situada na zona rural do município de Ibiúna, hoje conhecido como Bairro do Feital. A Estrutura física com apenas 4 salas, atendia as turmas do ensino de 1º grau ou Fundamental I - 1ª a 4ª série.

1982

Escola Adventista do Bairro Feital

Professores e funcionários.

1982

Pedra fundamental

Início da fundação da atual Escola.

1998

Escola em funcionamento.

A Escola começou a funcionar no atual endereço, atendendo aos alunos em 1999.

1999

Criação de novas salas de aula no novo piso

Para melhor atender a demanda de alunos, foi necessário fazer ampliações e adequações na estrutura física da Escola.

2011